os Sonystas

vamos lá, vou falar sobre a pior classe de “istas” que pode existir no mundo gamer, os Sonystas, sim, os malditos Sonystas.

bom, só essas 2 primeiras linhas já são motivo pra um monte deles vir me enxer o saco nos coments, falar as merdas habituais, mas em forma de argumento tudo o que eu vou falar aqui não pode ser rebatido, ou talvez sim, afinal sei reconhecer quando falo merda, mas pra alguem ser considerado sonysta tem que ser muito limitado ou não entender nada da história dos VGs, então isso certamente não vai acontecer

ser aquele cara chato, que defende empresas de VG como se fossem times de futebol é um troço meio chato, sei disso.

não vou esconder, sempre tive predileção pelos produtos da Nintendo, e isso é algo pessoal, sempre fui defensor da qualidade e eu via isso em todos os angulos dos produtos da nintendo, meus jogos favoritos eram da nintendo e etc.. mas respeitava quem preferia a SEGA por exemplo.

a questão é que sempre gostei de VG, independente do fabricante, mas eu tenho bom senso, portanto me considero acima de tudo um amente de jogos eletrônicos, principalmente a arte dos consoles de mesa, de voce ter uma aparelho com seus jogos próprios, pegar sua midia, encaixar nele e jogá-lo com seu controle e etc.. tanto que tenho minha pequena coleção de videogames, alguns ja bem antigos e facilmente emuláveis.

não sou fanático ou tenho ódio mortal pela Sony, tanto é que jogo muito bem playstation 2, os seus grandes jogos que não posso jogar em outro VG, jogo SEGA, jogo Xboca, jogo tudo o que tem de bom pra mim jogar, mas sei que a Nintendo sempre será top, até porque todo grande amante de games, no fundo sabe que a nintendo é a the godfather desse tipo de entreeterimento, a que está sempre à frente das outras empresas(falando da Nintendo como frabricante).

o problema é que muita gente não abre os olhos para a realidade, e “esses alguens” são os sonystas, os mais inexplicáveis tipos de fanboy.

vamos aos fatos: A Sony foi a coisa mais genérica, sem inovação e monopolista que já aconteceu no mundo dos games

é por isso que uma pessoa que se diz sonysta é algo que não me cabe na cabeça[/seu barriga], é como se dizer cinéfilo e ter o Michael Bay como diretor favorito, e é quase um fato comprovado, Sonysta é tudo fraldinha que nasceu com o controle de plasytation na mão, sem conhecer de verdade o mundo gamer e acha que entende do assunto, essa é a unica razão de se dizer sonysta já que a empresa não traz nada de novo ou que as outras não fazem melhor.

a gente tem que admitir que todo mundo que se considera gamer hoje em dia tem que jopgar de um jeito ou de outro algo nos VGs da Sony, isso realmente não se tem como negar, mas isso de deve a vários fatores, mas nenhum deles realmente ligado a COMPETÊNCIA da empresa.

a Sony é a empresa mais genérica que ja se meteu no mundo dos games, seu maior passo foi justamente o primeiro(e último), ter a audácia de lançar o primeiro playstation, um console que de certa forma moldou a industria gamer ao que ela é hoje durante seu tempo de vida(olhando o ponto de vista comercial, e para bem ou para mal)

o maior trunfo do playstation foi o combo competência comercial + aproveitamenteo de deslize das 2 principais empresas do ramo(SEGA e NINTENDO) + sorte + MUITA GRANA. sim, o Playstation não sairia do lugar ou iria tão longe se não tivesse alto investimento em marketing de uma gigante dos eletrônicos por trás.

quando eu digo que o playstation nunca evoluiu até hoie é por causa disso, a Sony começou com uma maquina eficiente, limitada para jogos 3D mas que contornava isso, mas o principal não é isso, o playstation foi um console genérico, sem identidade, e que pior, acoplou posteriormente as inovações que as concorrentes desenvolveram(rumblepack e direcional analógico, alguem?)

mas tudo bem, foi o primeiro VG da empresa, tinha um design pobre, e vendeu pra burro devido aos motivos que citei, então a gente releva, o problema é que a Sony estacionou aí, não nos convenceu de que era uma gigante do mundo dos videogames que fazia valer seu posto de “maior empresa do ramo até o momento”(comercialmente falando), só era uma gigante dos eletronicos que lançou um aparelho que rodava jogos e foda-se

o que se sucedeu depois disso foi a monopolização do mercado pela Sony, a empresa se achou tão fodona que se sentiu no direito de lançar uma peça de lego preta gigante(se bobear seu velho videocassete tem menos volume), com potencial gráfico comparável ao do Dreamcast da SEGA lançado a 3 anos atrás, com praticamente o mesmo joystick da versão original e chamar aquilo de VG, um produto “dos sonhos” dos consumidores

todos os VGs da Sony são verdadeiros desastres de design(tirando o PSP, e incluindo as 2 versões do PS3), é a unica empresa que se acha no direito de lançar um produto que não atraia o publico, que não te faça olhar para aquilo e falar: “nossa, quero ter um aparelho desses”, como um Dreamcast ou um Nintendo 64 em sua época faziam.

a explicação pra isso é: a Sony tem um verdadeiro monopólio, sabe que por ser o console que lança tudo e tem um poder de marketing absurdo, tudo o que lançarem o publico vai aceitar, essa é a visão da Sony para o publico gamer, essa é a verdade

Sony nunca vai arriscar em nenhuma idéia, porque sabe que não precisa disso para a multidão de bocós punhetar qualquer coisa que eles façam, e semrpe estarão de olhos fechados para as inovações dos concorrentes, os que estão realmente fazendo alguma coisa em prol dos videogames.

mas aí voce vai me falar: “Jonathan então você com esse papinho vai me dizer que não quer ter(ou tem) um PS2 pra jogar ICO ou Gran Turismo 3?”, a resposta é, sim. eu jogo consoles da Sony.

a questão é que não deixo de enxergar a realidade, que todas as grandes empresas do Ramo desde o início da década de 90 fizerma trabalhos muito melhores com os games do que a Sony, e não conseguiram sucesso, só xupinhação por parte dela, é como o capitalismo selvagem encontrando o puro campo da diversõa eletrônica e jogando seus tratores imundos pra cima dela, Sony dominou tudo no mundo dos games, e só fez por onde uma vez.

uma pessoa que se diz sonysta nunca terá meu respeito, porque vocÊ sabe automaticamente que é alguem que não sabe do que diz, não sabe porque venera tal emrpesa e ridiculariza outras, e os argumentos desses tipinhos nem é preciso ser citados, dá vergonha até no sue priminho de 11 anos que faz jutsus de Naruto

SEGA era uma empresa que colocava o mundo dos games pra frente, a Nintendo então nem se fala, isso tirando sua competência nos jogos próprios, e a Microsoft de certa forma também, principalmente por não se sentir obrigada a lançar consoles com josyticks que não evoluem para “não arriscar”.

Agora esta aí pra provar o controle de movimentos do PS3, a Sony mais uma vez mostrando que não vai e nem quer inovar, vai só viver das migalhas de quem realmente se interessa pela inovação e colocar uma roupa nova nelas e vender como algo da Sony, e que por isso é melhor, ou pelo menos a única que você, o cavalo com as traves nos olhos, poderá enxergar.

Ainda bem que a Sony nessa geração esté perdendo em popularidade, é bom pros mais jovens verem que nem só de Playstation vive o mundo dos games(e que já teve sua real época glamurosa), isso já é um grande passo, não por gostar de ver fracasso de empresa nenhuma, mas por quebrar um monopolio de 2 gerações que criou uma cabeçada de jogadores sem “direito de escolha”.

se alguem me disser realmente um real motivo para ser sonysta e defender com unhas e dentes a empresa mais sem sal que já fez sucesso no mundo dos games eu retiro boa parte do que disse, no mais:

sonystas, vocês fedem, e a fedor requentado.

por Jonathan Linguini

aquele que esmaga cabeças de sonystas como jujuba.

14 respostas para os Sonystas

  1. VH disse:

    LOL achei que vc ia falar de um colheita feliz da vida e já foi metendo o pau no pleisteite, não é um video-game ruim cara… feio por feio tem a versão antiga do super nintendo que não era nada mais que um caixote com 2 botões de empurrar

  2. Jonathan Linguini disse:

    é, mas o Super Nintendo foi lançado em 1990, tem todo um contexto do VG ter sido daquele jeito( a ideia é que o aparelho parecesse um brinquedo, mesma coisa do NES ), alem do mais antes dele poucos VGs era bonitos para os padrões de hoje, mas pos padroes daquela época ele nem era feio.

    a Sony só lança tranqueira até os dias de hoje, lança um PS3 “slim” que tem 70% do volume do original e é quase tão grande quanto seu gabinete de PC.

  3. Jonathan Linguini disse:

    e sim, nesse post soltei toda a minha raiva reprimida hehe

  4. Cleyton disse:

    Ótimo post. Polêmicas sempre são legais!

    Eu tenho até hoje meu Master System III e não vendo😀

  5. Pulga disse:

    Bah Jonathan (zzzZzzzZZZzz)… Não me venha com essa. Eu sou como muitos nârds um cara 100 grana, então ps3…NOT!

    Mas não é por isso que eu vou ficar irritadinho. God Of War, Gran Turismo (o de ps1 é fod#), Crash (Crash > Sonic > Mario) e outros fodônis…

    Não sou sonysta, nem nenhum iISTA. Apenas curto os jogos, apesar de concordar de que é uma raiva ter jogos SÓ do ps3. Mas não é assim com o Nintendo Wii?

    Agora Jonathan, não vale citar que a Sony APENAS copiou a nintendo. Só porque James Cameron “fodonizou o 3d” não significa que os outros filmes são apenas copias. Assim é no mundo dos consoles, se um fez uma coisa e for boa, os outros irão fazer. Cartuchos, CDs… E a propósito, a Sony está inovando (?) tentando fazer jogos em treisdê (tem até os óculos do cinema!).

    É isso.

    Ótimo Post.

    PS: Eu perdi meu Master System III com Sonic 1 (versão 8 bits) na memória D:

    http://moviment0.wordpress.com

  6. luizurtiga disse:

    cara, não pode se falar mal do playstation 1…para mim a Sony fez muito mais para os videogames que a sega…apesar de hoje eu achar que a microsoft está muito monstro, afinal ela é a única que consegue conciliar os jogos monstros do console com os jogos monstros para pc

  7. VH disse:

    Tem uma coisa que o ps1 proporcionava a quem tinha que nenhum video-game da nintendo fazia até então, a pirataria…

    um jogo de verdade era 100 conto, mas vc podia baixar a ISO e gravar num CD que dava na mesma… isso me fez escolher o ps como meu ultimo video-game, no super nintendo não tinha isso.

  8. Jonathan Linguini disse:

    pirataria no playstation foi consequencia, empresa nenhuma gosta de ter seus produtos pirateados.

    e só o Dreamcast foi mais revolucionário que todos os VGs de mes ada Sony juntos, Dreamcast foi o primeiro a ter constorlde sensor de movimento, a popularizar jogos em rede pelo console, entre vários detalhes, fora ser um VG muito mais bem acabado mesmo, principalmente por ter vindo muito antes do PS2.

  9. Alan disse:

    Nemli, se fodeu.

  10. Maikon Bona disse:

    Bah… post mais surrado q bunda de puta.

    Um Nintendo Lover falando mimimis da Sony só pq tinha pedido uma Plei Isteition, Plei Isteiton, Plei Isteition no Bom Dia e Cia e acabou ganhando um Poly Station.

    Perdi meu tempo lendo tanta asneira. Fato. =P

  11. Jonathan Linguini disse:

    a diferença do post é que falei francamente sobre a parada, e como alguem que consome os produtos da Sony(por causa de seus jogos e não por causa de suas qualidades)

    mas pelo visto a Nintendo sempre será o problema, eu devia vestir aquela máscara que um monte de gente usa, do “não defendo ninguem, só fecho meus olhos pros erros da Sony e a coloco no memso barco que todos os outros em igualdade”

  12. Jonathan Linguini disse:

    como eu disse, os argumentos sempre serão previsíveis..

  13. lucas belo disse:

    ele esta certo mas eu tinha um game boy po mas durou e agora tenho ps2 eo xbox360

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: